sábado, 6 de junho de 2009


Hoje quebro o silencio, que por muito tempo
Me deixou,sem fala,sem pensamento,sem sentimento,
E por uma Mulher que me seduz,
É aquela que aprendi a amar;
Em que tudo me encanta;
Possui os predicativos, por um homem, desejados;
Seus carinhos todos por mim foram confiscados!
Ah!...A mulher que me seduz;
Não se encontra...Não se compra;
Administra-se...Conquista-se;
Ao paraíso com veneração se conduz!
Ah!...A mulher que me seduz;
É culta...É delicada;
Desprovida de terrenos vícios;
É cheirosa...Formosa...Encantada!
Faz-me ver de olhos fechados:
Raios, luzes e pavios;
Em meio à tempestade, me faz ver noite enluarada;
No meio de paisagens...Muitos personagens;
Somente o que eu quis!
Ah!...A mulher que me seduz;
É um admirável ser;
É renuncia... Sem remorso ou castigo;
Foi criada pela engenharia divina;
Seus pés e mãos são leveza;
Rouba a minha liberdade;
Com muita sutileza!
Ah!...A mulher que me seduz;
É sinfonia de minhas andanças;
Chuva fresca no meu telhado;
Aliança celestial de um noivado!
Quero dela seu suco...Seu suor;
Estampado em seu rosto todo o seu querer;
Loucura ao me dizer:
Venha...Quero-te;
Sou somente sua...Venha a mim...Possua-me!
É esse o destino que eu quero;
Ao lado da Mulher que me Seduz!
anjo sem asas amo-te!!!!!!
E falo escrevo e vivo novamente bjos .............!!!!

JEFERSON SILVA

2 comentários:

Luciana Grasel disse...

simplesmente lindo!!!

Luciana Grasel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.